LIVRARIA CULTURA

quarta-feira, 15 de outubro de 2008

Olimpíadas da Primavera

I OLIMPÍADAS DA PRIMAVERA
ZEZITO-2008

JUSTIFICATIVA:
Devido a grande participação do mundo na Olimpíada da China que foi considerada a melhor e maior de todos os temos e também com a maior participação de brasileiros da história e a vivência dos alunos da EE Prof. Professor José Benedito Gonçalves através da televisão, jornais, revistas e de trabalhos e pesquisas realizadas sobre o tema, foi realizada na escola durante os dias 10 a 25 de setembro a I Olimpíadas da primavera. Além dos trabalhos realizados com as professoras de sala, os alunos de cada sala fizeram um mural com recortes das imagens das Olimpíadas.

OBJETIVO:
Através de atividades elaboradas de acordo com os jogos, possibilitar nos alunos o seu desenvolvimento físico e mental através de habilidades corporais,
e ao mesmo tempo desenvolver neles o espírito olímpico, onde eles entendam que a vitória não é sinônimo de sucesso e a derrota não é sinônimo de fracasso e para existir um vencedor é preciso haver um perdedor.

METODOLOGIA:
O referido projeto foi realizado por classes e além dos esportes tradicionais, os alunos vivenciaram alguns esportes poucos praticados nas escolas e que fazem parte dos jogos olímpicos, sendo alguns desses esportes a natação e a canoagem (idéia do prof. Luiz Eduardo de Araçoiaba).
Os jogos foram disputados por séries. Ex: cada uma das quatro quartas séries foi dividida em 5 grupos, denominados(América, Oceania, África, Ásia e Europa) e no dia dos jogos todas as salas se dirigiam até a quadra juntamente com as professoras de sala e se dividiam entre os cinco continentes, sendo que cada equipe(continente) tinha alunos de todas as séries, evitando desta forma a rivalidade entre eles. O mesmo aconteceu com as 1ª, 2ª e 3ª séries. Foram elaboradas 09(nove) provas entre essas equipes. Algumas provas já conhecidas tais como: futebol e basquete e outras pouco praticadas como algumas provas “adaptadas” como natação, canoagem, salto em distância e judô. Cada série disputavam 2 modalidades por dia. Todas as modalidades foram divididas em ambos os sexos.

Atividades adaptadas 1: nado crawl (créditos: prof. Luiz Eduardo)
Alunos em cima de um skate tinham que ficar em posição de decúbito dorsal (barriga para baixo) e com tarefa de “nadar” até uma das extremidades da quadra e voltar a sua posição de partida.

Atividades adaptadas 2: nado costas (créditos: prof. Luiz Eduardo)
Alunos em cima de um skate tinham que ficar em posição de decúbito frontal (barriga para cima) e com tarefa de “nadar de costas” até uma das extremidades da quadra e voltar a sua posição de partida.

Atividades adaptadas 3: canoagem (créditos: prof. Luiz Eduardo)
Alunos em cima de um skate tinham que ficar na posição sentados e sem colocar os pés ou as mãos no chão e com o auxilio de um bastão(remo) tinham como tarefa a de “remar” até uma das extremidades da quadra e voltar a sua posição de partida.
Atividades adaptadas 4: judô
Alunos em cima de um colchão(tatame) na posição de joelhos(ajoelhados) sendo um de frente para o outro e de mãos dadas e tinham como tarefa a de fazer com que o adversário cometesse alguma infração, tais como: sentar no calcanhar, levantar o joelho do colchão, sair para fora do colchão, ou ser derrubado. Quem ficar sem cometer essas infrações vence a “luta”.
Atividades adaptadas 5: Salto em Distância
Na falta de uma caixa de areia apropriada para o salto, foi improvisado em um espaço gramado uma local para o salto. No lugar da areia foram colocados colchões para que os alunos pudessem saltar longe e sem perigo de se machucarem.

Atividades adaptadas 6: Revezamento com Bastão
Na falta de uma pista de atletismo apropriada para a pratica do revezamento com bastão, foi improvisada na quadra poliesportiva uma mini pista demarcada por cones e com marcas de fitas nos locais apropriados para saída, entrega do bastão e chegada.

Atividades adaptadas 7: Arremesso de peso
Na falta de um local apropriado para o arremesso de peso e um peso adequado para os alunos, foi usada uma bola de medicinibol e na própria quadra, os alunos arremessavam a bola na maior distância possível.
Atividades adaptadas 8: Basquetebol
Alunos divididos em suas respectivas equipes e divididadas por sexo, tinham que entre as própria equipe ver quem conseguia fazer mais cestas e para representar seu continente na grande final, sendo que cada continente classificou um menino e uma menina para a final.
Atividades adaptadas 8: futebol (pebolim humano)
1) alunos organizados em equipes para jogo; 2) seis cordas dispostas lateralmente pela quadra, na altura da cintura, acrescidos de duas cordas fixas lateralmente nas traves do gol; 3) em cada corda, dois, três ou mais canos(tubos) que possam ser segurados pelas mãos dos alunos. Na corda de cada gol haverá um cano; 4) o objetivo do jogo é marcar gols sem soltar o cano; 5) os alunos só poderão se deslocar lateralmente pela corda, segurando o cano sem soltar as mãos; 6) o início do jogo se dará com a bola lançada pelo professor e o reinício pelos goleiros; 7) as regras usadas são as do futsal. O sistema disputado nesta olimpíada com a modalidade de futebol misto foi o sistema de todos contra todos.
PREMIAÇÃO:
E, para finalizar, assim como nas olimpíadas tradicionais, os alunos também receberam as medalhas de ouro, prata e bronze ao término de cada prova disputada(medalhas oferecidas pela direção da escola Zezito, Diretoria de Itu através da PCOP Cecília Fardo e medalhas confeccionadas na própria escola) ao todo foram distribuídas cerca de 250 medalhas e o mais importante é que os alunos puderam vivenciar dentre as várias atividades, algumas atividades adaptadas que dificilmente daria para realizar nas escolas. No final das olimpíadas foi fixado no mural da Educação Física o quadro de medalhas.

CONFECÇÃO DE MEDALHAS
Um mês antes das Olimpíadas da Primavera, foi realizada na escola zezito uma campanha para arrecadar tampinhas de extrato de tomates para a confecção de medalhas ecológicas.
Foram feitas 150 medalhas como mostra a foto abaixo.
Como fazer: A direção da Escola providenciou 03 latas de tinta splay nas cores ouro, prata e bronze(12,00 cada), 2 rolos de fita azul tafetá medindo 50 cm cada( 7,00 cada), 6 folhas de papel adesivo para fazer as etiquetas das medalhas(1,00 cada), cola quente, impressora para imprimir as etiquetas e mão de obra, totalizando 60,00. Com esse material foi possível confeccionar cerca de 150 medalhas a um custo de 0,40 centavos por medalha. As crianças adoraram.

sábado, 4 de outubro de 2008

Agita Galera 2008

PROJETO: “Aprender com Prazer”
Agitando na Matemática

JUSTIFICATIVA:
Devido a Proposta elaborada pela Secretária de Educação e CENP para a “JORNADA DE MATEMÁTICA”, e o grande envolvimento da escola na elaboração de estratégias diversas de atividades de matemática, surgiu a idéia de realizar durante as aulas de Educação Física na EE Prof. José Benedito Gonçalves na Semana do Agita Galera o Projeto “Aprender Com Prazer”. O referido projeto trata-se de um circuito matemático não apenas recreativo e competitivo, mas principalmente educativo para o desenvolvimento dos alunos nas etapas da Jornada da Matemática.

OBJETIVO GERAL:
Além de conscientizar os alunos a respeito da importância da atividade física, não apenas na idade escolar, mas também para toda a vida. Foi realizado também através de atividades elaboradas juntamente com os professores de sala, e com apoio da direção da Unidade Escolar, diversas atividades que possibilitaram no aluno o seu desenvolvimento mental através de habilidades numéricas.

OBJETIVO ESPECÌFICO:
- Trabalhar os 4 elementos da matemática: adição, subtração, multiplicação e divisão;
- Formas Geométricas;
- Sistemas Numéricos;
- promover a interação no grupo.

METODOLOGIA:
Foi elaborada uma Gincana Matemática em forma de circuito, onde os alunos do período da manhã e tarde, cada um em seu respectivo período, foram divididos em grupos e participaram de várias atividades envolvendo cálculos numéricos, sendo muitas delas elaboradas com o apoio dos professores de sala com atividades físicas elaboradas especialmente para a gincana.

ATIVIDADE Nº 1 - Alvo Matemático:
Alunos do grupo 1 durante a 1ª atividade, onde haviam duas caixas, na primeira caixa tinha vários papéis com nomes de várias formas geométricas e os alunos tinham que pegar um desses papéis, e pegar na segunda caixa a forma geométrica(madeira) indicada e jogar essa madeira tentando atingir a pontuação dentro dos bambolês que valia de 01 a 10 pontos. Ao final do tempo, os alunos sentavam ao redor dos bambolês e contavam quantos pontos haviam feito. Assim que o tempo terminasse(8 minutos) os alunos se dirigiam para a atividade nº 2.

ATIVIDADE Nº 2: Sistema Numérico- Unidade, Dezena, Centena e Milhar. E números pares e impares.
Alunos do grupo 2 deviam correr, sendo um de cada vez, dar uma cambalhota no colchão que estava a uns 5 metros de distância, correr mais 5 metros até uma caixa que continha vários papéis escrito: Unidade, Dezena, Centena ou Milhar. e pegar um desses papel e correr até o ponto de partida e jogar um DADO. Toda vez que o dado com um número caísse virado para cima com um número par, o resultado era somado e toda vez que o dado caísse com o número impar para cima, o resultado era subtraído. Assim que o tempo terminasse (8 minutos) os alunos se dirigiam para a atividade nº 3.

ATIVIDADE Nº 3 Boliche Numerados.
Os alunos a uma distância de 10 metros e com uma bola de basquete tinham que jogar a bola na tentativa de derrubar os cones, sendo que todos os nove cones, sendo que oito deles estavam numerados de 1 a 8 e dentre esses nove cones, havia 1(um) que estava marcado(-5) ou seja quem o derrubasse perderia 5 pontos. A cada derrubada os alunos iam somando ou subtraindo os resultados. Toda vez que um aluno derrubava um ou mais cones, os cones eram colocados no lugar demarcado para nova tentativa. Assim que o tempo terminasse (8 minutos) os alunos se dirigiam para a atividade nº 4.

ATIVIDADE Nº 4Aflições
Os alunos tinham que pegar um número de 01 a 50. E em grupo tinham que através de um cartaz colocado na parede achar os resultados que teriam que estar na seqüência de uma multiplicação e depois uma adição ou subtração. (ex: os dois primeiros números são multiplicados e o terceiro é adicionado ou subtraido para produzir o número do cartão. Os números podem estar na vertical, horizontal ou diagonal, porém próximos um dos outros. assim que o resultado for descoberto, tira-se outra ficha numerada) E soma-se os pontos da equipe. Assim que o tempo terminasse (8 minutos) os alunos se dirigiam para a atividade nº 5.

ATIVIDADE Nº 5Boca do palhaço
Os alunos, sendo que um de cada vez tinha que pegar uma bolinha de plástico numerada com diversos números, e arremessar a bolinha na tentativa de atingir a boca do palhaço. Ao final do tempo os alunos somavam os resultados das bolinhas.
Assim que o tempo terminasse (8 minutos) os alunos se dirigiam para a atividade nº 1.


Após a Semana do agita Galera, as atividades continuaram a ser realizadas na EE Prof. José Benedito Gonçalves, com atividades de Educação Física voltada para a matemática, projeto pipa Consciente, onde os alunos confeccionaram e soltaram as pipas, alongamentos diários para todos antes das aulas e Olimpíadas da Primavera 2008.

Salto, Setembro de 2008.